Buscar
  • Cleydyr Albuquerque

"Para onde vão os registros biblográficos deletados?" - explicando as 4 bases de dados no Biblivre

Atualizado: 25 de Nov de 2019

Pouca gente sabe, mas, no Biblivre, os registros bibliográficos são agrupados em bases de dados.

O propósito das bases de dados são facilitar o fluxo de trabalho do bibliotecário. Existem quatro diferentes bases de dados no Biblivre 5: Principal, Trabalho, Privativa e Lixeira.

Na figura a seguir é possível ver onde é possível selecionar a base de dados para catalogação.


Base principal

Quando um usuário qualquer acessa a tela de pesquisa bibliográfica (Pesquisa > Bibliográfica), sem saber, ele está pesquisando na base de dados principal. Quando o bibliotecário acessa a tela de catalogação bibliográfica (Catalogação > Bibliográfica) a base de dados selecionada por padrão também é a Principal.

Em resumo, a base de dados Principal é a base cujos registros são visíveis publicamente, mesmo para usuários não autenticados.

Base de trabalho

A base de trabalho é a base onde o bibliotecário pode trabalhar preparando os registros sem que o trabalho que ainda está em andamento esteja visível ao público. É como um espaço de "ensaio" antes da apresentação principal. Aqui também ficam os registros bibliográficos importados externamente pela busca distribuída, por exemplo.

Base Lixeira

A lixeira é a base de trabalho para onde vão os itens deletados tanto da base principal quanto da base de trabalho. É uma espécie de arquivo morto. Nenhum item da lixeira está disponível para o público.

É possível também deletar itens da lixeira. Mas uma vez que um item seja deletado da lixeira, ele não poderá ser mais recuperado. Então, evite deletar registros da lixeira.

Base privada/privativa

Esta base é similar à base de trabalho, mas com uma restrição ainda maior de acesso. O usuário administrador tem acesso a ela por padrão, mas é possível conceder acesso a ela para outros tipos de usuário. Apenas tipos de usuários com a permissão "Acesso à Base Privada" na seção "Catalogação" da tela de logins e permissões (Administração > Logins e Permissões) podem ter acesso à base privativa.

Conclusão

Agora você já sabe como utilizar as bases principais. Idealmente, o ciclo de vida dos registros deve ser trabalho/privativaprincipallixeira. Itens devem ser criados na base de trabalho ou privativa e, só depois de prontos ou aprovados, vão para a base principal. De lá, ao terminar seu ciclo de vida (após um processo de desbaste da biblioteca, por exemplo) ele deve ser enviado para a lixeira.

0 visualização
 

©2020 by biblivre.cloud.